Edição 04

Ângulos atraem o intelecto. Curvas falam ao coração”.

Baseada na ideia de Eva Zeisel – uma das ceramistas e designers mais famosas do mundo, que faleceu em 2012, aos 105 anos -, a quarta edição da Revista iDeia aborda, em sua temática central, “o universo feminino visto pelo olhar do design”. Procuramos mon- tar uma estrutura editorial que mostrasse, de maneira ampla, esse universo, que é tão especial e significativo.

A delicadeza, a complexidade e a beleza da mulher foram repre- sentadas pelas ilustrações do jovem artista sul-coreano, Minjae Lee, personagem de nossa matéria de capa. Com apenas 23 anos, o desenhista utiliza ferramentas à moda antiga, como marcadores de texto, canetas, lápis e acrílico, para retratar, exclusivamente, o semblante feminino. Seu trabalho nos revela imagens e justaposi- ções inteligentes, belas, que nos deixam perplexos com o equilíbrio das formas e cores que utiliza.

Ao abordarmos o feminino, homenageamos o trabalho de mulhe- res que se destacaram no mundo do design, como Adélia Borges. Jornalista especializada em design, a ex-diretora do Museu da Casa Brasileira (MCB) deu contribuições significativas para a área, ao desempenhar os papeis de docente, curadora de mostras, es- critora, palestrante e jurada de concursos.

A história da mulher nos universos do design e da arquitetura tam- bém está em destaque, na matéria sobre os desafios enfrentados pela renomada arquiteta iraquiana, Zaha Hadid, e na estreia da se- ção No Mercado, onde teremos alguns produtos de sucesso, cria- dos por mulheres que enfrentaram um mercado dominado por ho- mens, ainda no início do século XX, até as que comemoram, hoje, a vitória de ser maioria nas grandes escolas de design do mundo.

Eclética, iDeia ainda buscou referências do show business para mostrar como uma imagem bem trabalhada pode transformar pessoas em mitos. Grace Jones marcou o mundo da música com seus figurinos exóticos e sua personalidade forte. Já Rita Haywor- th esbanjou sensualidade nas telas de cinema, sendo imortalizada como a eterna Gilda.

E em nosso Giro Cultural faremos uma visita à capital da Malásia – Kuala Lumpur, uma cidade que passa do milenar ao futurista no mesmo espaço geográfico.

Boa leitura

Pin It on Pinterest

Share This